segunda-feira, 28 de junho de 2010

[Miscelânea] Curar pela fé!

Supostamente, Jesus Cristo, em vida, realizou milagres em benefício da cura daqueles que o rodeavam. Segundo reza a lenda, as pessoas acreditavam que, mesmo tendo uma doença muito grave, só pelo facto de tocarem na mão do messias esta entrava em remissão. E tal acontecia. Mas Cristo respondia sempre: «Julgam que fui eu quem vos curou? Não fui. Foram vocês próprios. A vossa cura advém apenas do facto de acreditarem que a graça de Deus vos toca através de mim».

"Eu não preciso dos padres do mundo, porque não preciso do deus do céu. Isto quer dizer, meu rapaz, que tenho o meu Deus dentro de mim." - Eça de Queirós, in O Crime do Padre Amaro

Comparem ambas as citações… Veramente, interessantes! Fazem-me pensar sobre, o que realmente, o Homem é capaz e a sua força interior.

Mas, imaginemos que alguém me odeia ou inveja tanto a ponto de "vender sua alma ao Demónio" para que eu sofra algum infortúnio. A energia que essa pessoa irá exteriorizar nesse momento será capaz de criar bons estragos; o mesmo acontece com a pessoa que irá "dar uma bênção"; se essa pessoa realmente acreditar (e quiser) que, pelo poder do seu Deus, será capaz de me curar de alguma coisa, então ela irá gerar uma energia realmente eficaz a seu objectivo.

Agora o que é muito importante ressaltar é que, não é o Demónio e Deus que estão me atingindo, mas sim as pessoas que os "invocam"; na realidade essas pessoas é que estão gerando a energia que irá influenciar de alguma maneira, as divindades invocadas, sendo apenas formas de se exteriorizar os seus desejos profundos - semelhante ao que é feito no Satanismo, porém, a diferença é que nós sabemos que somos os verdadeiros responsáveis por nossos milagres, ao passo em que os adoradores de deuses se perdem em suas crenças.

O número de pessoas que buscam cura espiritual para as suas doenças tem crescido vertiginosamente - já foram descobertos casos bastante controversos de pessoas com doenças mortíferas, como por exemplo o cancro, envolverem-se em tratamentos de cura pela fé, e as doenças entraram em remissão. Em oposição, os médicos afirmam que até as doenças mais perigosas podem de facto entrar em remissão sem nenhuma razão aparente. Tal facto está provado. «Por vezes, basta que as pessoas se encontrem no local certo, à hora certa», dizem eles.

Sempre que um facto não pode ser claramente explicado à luz dos actuais conhecimentos científicos, após inúmeras análises e experimentações, é lhe atribuído o rótulo de "milagre".

A fé vem de nós. A mente humana é, por excelência, um dos maiores mistérios ainda por desvendar (seja a capacidade de percepção extrasensorial, psicocinesia, etc.). A cura pela fé existe; a sua essência é que ainda não foi bem definida pela maior parte das pessoas, que acreditam numa intervenção divina no caso.

No meu caso acredito que os "milagres" apenas provém da mente humana em contacto com as forças naturais existentes na Terra. A esses indivíduos atribui-se o nome de «mágicos».

E então, agora pergunto eu: será que pode haver de facto uma interferência do paranormal (não divina) na cura das doenças?

"A Magia é a Arte ou a Ciência de causar mudanças com a Força de Vontade."
Aleister Crowley

9 comentários:

Mr.Jones disse...

Amigo
Dizem que a fé cura. Mas eu reforço em dizer que se não tiver amor, de nada adiantará a fé. Se vem do poder da mente, eu nao sei. Mas acredito no poder do coraçao.
abçs

Evoluimos? disse...

Muito bom seu texto amigo, eu não acredito que a cura venha de nada que seja "sobrenatural", acredito que a mente tem total poder sobre o corpo, muito do que chamam de manifestações divinas são na verdade manifestações da própria mente.
Abraço.

Lilian disse...

Olá querido amigo Joel,

Felicito-o pelo excelente texto.

Sim amigo, não é Deus nem o diabo que atingem as pessoas, principalmente Deus que ama a todos, sem distinção de quem é bom ou mau.

Entendo que pessoas desejam o mal e outras desejam o bem e que depende da receptividade a quem é desejado, o mal ou o bem a atingirá.

Creio em Deus e sei que Ele me protege. Tenho convicção disso, então, se alguém me desejar o mal, não serei atingida porque meu coração retribuirá o mal com o bem e o bem é mais forte. Se você me ofender, não vou brigar com você, vou orar por você, porque devemos amar nossos inimigos e pode ter certeza que procurarei por sua amizade. Essa força, essa certeza, vem da fé no poder de Deus. Tem um versículo bíblico que diz: “Se Deus é por nós, quem será contra nós? Se eu agir de forma diferente, daí a sua ofensa me afetará de tal modo que, certamente, me sentirei mal, ficarei doente e irá tudo de mal a pior. O mal ou a ofensa que me fez cairá em terra fértil e sofrerei conseqüências desastrosas, porque o emocional deteriora com o físico.

Essa convicção minha não é a fé cega “”dos adoradores de deuses que se perdem e suas crenças”” , mas é a fé da certeza de coisas que espero. Isso também é bíblico. “Ora, a fé é a certeza de coisas que se esperam, a convicção de fatos que não se vêem”. (Hebreus 11: 01).

Por isso houve curas feitas por Jesus.
“E Jesus, voltando-se e vendo-a, disse-lhe: Tem bom ânimo, filha, a tua fé te salvou. E, desde aquele instante, a mulher ficou sã.” Mateus 9: 22.

Muitas pessoas que estão doentes acreditam em uma força superior própria, na força de seus corações que as animam a quererem viver e têm fé que vão ficar curadas e ficam mesmo. Não é a fé em Deus (dessas pessoas) que as curou. Mas eu considero que é o amor de Deus por seus filhos (essas pessoas) que as curou.

Deus o abençoe, meu querido, e receba um abraço carinhoso e fraterno desta vovó.
Lilian

Cecília disse...

Kiduxo,acredito que sem fé nada pode ser feito...o que ocorre na verdade é que a ela (a fé),foi atribuidas diversos fatos,que na realidade não são ligados a ela diretamente,senão quem é ateu e se cura,sem grandes intervenções médicas,quem não crer em Jesus,como se curaria?A fé é um sentimento,como os outros,mas o cristianismo a adotou,mas idependente de religião,todos tem fé em algo,volto a repetir,mesmo que sem religião.
Bjos

Principe Encantado disse...

Amigo fica bravo não, mais tudo é possível aquele que crê, em Deus Jeová outro não existe
Abraços forte

Jackie Freitas disse...

Hello quiducho!
Tudo bem por essa terra aí do outro lado do Atlântico? Eu não duvido em nada do poder da mente! Igualmente, creio na força que as energias (positivas e negativas) têm em tudo na vida. O próprio planeta é movido pela força de uma energia e esta influencia tudo que aqui habita. A fé, enquanto elevação e otimismo, a crença de que tudo podemos é uma forma de cura. Alguns sentem-se incapazes de, sozinhos, possuirem tal poder de transformação. E é aí que se encontra a grande chave para que o homem acredite mais em sua capacidade: a de criar, destruir, curar, fortalecer...
O assunto é imenso, meu querido! Imenso! Mas hoje não estou muito afins de filosofar...rsrs...Estou zen...
Grande beijo, querido!
Jackie

Atena disse...

Eu já me curei várias vezes e não foi pela fé, mas sim porque queria me curar. O corpo tem consciência e quando sabemos como falar com ele podemos nos curar.
Agora, acredito que pessoas de muita fé acabam se curando também. Talvez sua fé permita esse contato.
Continue pesquisando, é um assunto instigante.
abçs
Atena

Joselito disse...

Eu acredito sim que temos uma força muito grande e as vezes precisamos apenas, digamos de um canalizador ....que cada um identifica como tal, vai depender da fé que cada um tenha ....

AmoJoias disse...

Olá! Querido! Obrigada pela visita! com certeza o que mais importa na vida é o amor e o que podemos fazer é usar símbolos que significam amor, mas com eles ou sem eles a atitude e o carinho são o principal!
Adorei esse post!
não vejo pelo lado surreal mas a mente pode dominar o corpo ou mesmo acontecer situações pouco prováveis mas que nem por isso deixam de acontecer...

bjinhusss